Maio amarelo, o sentido é a vida


Vamos juntos reduzir as mortes no trânsito? De acordo com a ciência da cromoterapia, a cor amarela contribui para a melhoria de várias áreas das nossas vidas ligadas ao desenvolvimento do intelecto e da criatividade. Já os mais místicos, acreditam que o amarelo represente riqueza, dinheiro, fartura, sem esquecer da luz, otimismo e alegria.

Simbologias a parte, em sua sexta edição, o Movimento Maio Amarelo tem como mote a campanha “No trânsito, o sentido é a vida”. A proposta é gerar um envolvimento ainda maior da sociedade nas ações educativas, visando uma nova maneira de encarar a mobilidade com atitudes mais seguras entre motoristas e pedestres.

Faça a sua parte por um trânsito mais seguro

Essa reflexão é um estimulo aos condutores, a fim de que não dirijam depois de ingerir bebidas alcoólicas e nem desrespeitem os limites de velocidade. Os Pedestres e passageiros também têm seu papel de destaque nesse movimento, uma vez que para que tenhamos um trânsito mais seguro, ações simples realizar a travessia nas faixas faz total diferença.

Conhecer as placas de trânsito pode salvar vidas

Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária, os acidentes quase sempre ocorrem por escolhas inadequadas e arriscadas tanto por parte do condutor, que não respeita as normas de segurança no trânsito, como pelo pedestre que, por sua vez, também não cumpre de maneira efetiva suas obrigações. Essa triste constatação nos leva a repensar a nossa forma de nos deslocarmos no trânsito, seja fora ou dentro de um veículo.

Além da questão das escolhas inoportunas nas vias, um outro responsável pelas falhas no trânsito é a falta de conhecimento dos condutores acerca das placas de regulamentação e outros componentes da sinalização que quase todo motorista já viu, mas nem sempre sabe o seu significado.

Como o próprio nome sugere, as placas existem para auxiliar o condutor nas suas obrigações, limitações e proibições ao longo das vias. O descumprimento dessas orientações, constitui infração do Código de Trânsito Brasileiro, ficando o motorista sujeito a multas e penalidades. As placas de sinalização estão subdividas em três (3) espécies: de regulamentação (cores: branca vermelha e preta); de advertência (cores: amarela e preta) e de indicação (cores: azul, verde, branca e preta). As de Regulamentação indicam as obrigações, as proibições e as limitações que determinam o uso das vias.

No trânsito a vida é mais importante

De acordo com dados divulgados pelo Observatório, o Brasil é o quarto país que mais mata no trânsito; nos últimos 20 anos, morreram mais de 662 mil pessoas em acidentes desse tipo, que representam um custo anual de R$ 56 bilhões. Com base nesse e em outros dados alarmantes, além de sugerir o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, a proposta enviada pelo Observatório ao Contran também propõe que cada mês do ano tenha um subtema como parte da Campanha Educativa de Trânsito de 2019.

O intuito é reafirmar a ideia de que quanto mais ações positivas e conscientes nas vias, menos mortos e feridos no trânsito. Conheça abaixo os subtemas da campanha educativa de Janeiro a dezembro 2019, proposta pelo Observatório, e vamos juntos fazer das nossas vias um lugar mais seguro para todos.

Fevereiro – Os cuidados próximos às escolas.
Março – Por que dirigir sob efeito de drogas lícitas e ilícitas é perigoso?
Abril – Use o cinto corretamente e saiba a importância dele para salvar sua vida.
Maio – Ações de apoio ao Maio Amarelo, campanha da sociedade por um trânsito seguro.
Junho – Riscos de acidentes, como evitá-los?
Julho – A importância de equipamentos de segurança para moto e motociclistas (capacete, calçado).
Agosto – Comunicação em trânsito – A importância de ver e ser visto.
Setembro – Celular ao volante: por que não usar?
Outubro – Os limites de velocidade existem para lhe proteger.
Novembro – Ultrapassagens: como executá-las com seguranças.
Dezembro – Como dirigir em condições adversas? (Chuva, neblina, queimadas)


Por Antônia Lúcia

Fonte: https://maioamarelo.com/tema-do-maio-amarelo-2019-e-no-transito-o-sentido-e-a-vida/


Deixar comentário

Seu email não será publicado