Energia que projeta


Permitir que os alunos descubram suas habilidades e seus potenciais para que se construam caminhos que os levem à realização de seus sonhos. Esse foi o objetivo do projeto pedagógico que movimentou as emoções dos estudantes

Trabalhar a energia que mobiliza, para que os sujeitos educandos descubram sua importância no mundo, vai além de uma mera reflexão científica do conceito de energia. Afinal, o que nos dá energia para viver? Os alimentos, a fé, a arte, a cultura, nossas biografias, nossos sonhos e anseios? Estes são elementos presentes na vida de cada indivíduo, sejam quais forem a sua origem e os percalços que colocam em prova sua jornada.

Operando com uma realidade adversa no Colégio Estadual Guadalajara, situado em uma área de risco no bairro Olavo Bilac, no município de Duque de Caxias, os professores precisaram repensar as práticas pedagógicas, buscando acesso mais contundente à realidade dos alunos e suas demandas, que são de todas as ordens: desde as financeiras até as afetivas.

Desse modo, o Projeto Energia desafiou o professor a criar estratégias diversas de trabalho que estimulassem o educando a buscar seu lugar no mundo, descobrindo em si próprio os potenciais mobilizadores para suas realizações.

Através de atividades de leitura, escrita, fotografia, narrativas de vida, objetivou-se que o aluno tivesse sua criatividade aguçada para construir materiais para exposição/instalação artística que demonstrassem o que esperam do mundo em que se encontram e quais as forças mobilizadoras que os impulsionam a continuar na busca por realizações, sejam elas de cunho cultural, sentimental, profissional etc. O trabalho se desenvolveu de acordo com as seguintes etapas:

Seleção de materiais que versem sobre energia em suas mais diversas formas: aqui foi feita uma seleção de textos literários e não literários, científicos e jornalísticos, que auxiliaram na introdução das discussões sobre o tema abordado. A diversidade de gêneros textuais utilizados auxiliou no debate acerca dos usos da linguagem e suas funções sociais.

Leitura e debates sobre o que é energia, o que é mobilização, o que é força de vontade, sonho e realização: o material selecionado na etapa anterior foi discutido em sala de aula, junto com os alunos, respeitando seus níveis de escolaridade. Debatendo: o que é energia? O que te dá energia? O que é energia nas ciências? O que é energia para a vida? O que te impulsiona e te mobiliza? Como você busca na cultura alimento para o intelecto?, dentre outras.

Realização de rodas de leitura: essas rodas de leitura versarão sobre o tema em foco e atenderão turmas diversas em momentos lúdicos. Nessas rodas estarão os professores, os alunos e a agente de leitura responsável.

Construção de pequenos textos, cartazes, dizeres, enfatizando energia mobilizadora, sonhos e trilhos para a realização dos mesmos: a partir das leituras e dos debates realizados, os alunos construíram textos, cartazes, panfletos e afins apresentando suas visões sobre o tema abordado de modo criativo e autoral.

Pesquisa sobre a história de vida: aqui os alunos entrevistaram familiares, a fim de conhecerem suas raízes, fizeram uma seleção de fotos de família que foram utilizadas na montagem de suas autobiografias.

Construção de autobiografias: a partir dos elementos e dados coletados na etapa anterior, os alunos iniciaram a construção de suas histórias de vida, que foram transformadas em pequenos livros. Aliás, o trabalho de organização de autobiografias tem sido destaque no Colégio nos últimos anos, estando sob a responsabilidade da professora Rosane.

Fotografias de elementos do cotidiano que simbolizem as diversas formas de energia e como essas energias nos mobilizam e nos situam como seres agentes no mundo contemporâneo: nesta etapa os alunos fizeram observações de seus cotidianos, suas vidas, suas ambições, tentando retratá-las no formato fotográfico. Qualquer entendimento sobre o tema “energia” poderia ser registrado pelos alunos em sua comunidade, em suas famílias, em seu colégio e em seus espaços de socialização.

Processo artístico-criativo: todo a atividade artística foi acompanhada pela professora Solange Valença, que deu suporte acerca dos meios materiais de construção dos trabalhos, bem como orientou o grupo no quesito montagem da instalação/exposição no ato de sua culminância.

Diálogo entre as disciplinas: todos os professores participantes dialogaram, trocando experiências na elaboração, construção e encaminhamento do projeto.

Montagem de exposição com o material produzido pelos alunos no decorrer do processo: os alunos envolvidos, bem como seus professores, foram responsáveis pela montagem da exposição de todo o material produzido, que foi apresentado à comunidade escolar durante a Jornada Pedagógica do Colégio.

Culminância: a exibição do material se deu através de uma exposição batizada como “Sarau Literário”.

Há três anos o Colégio vem aplicando este projeto que é um sucesso entre a garotada, trazendo sempre uma temática que fortalece o pensamento crítico dos estudantes. Em 2015 foi abordado “Tudo que nos cerca e nos faz bem”. Em 2016 “A energia que nos move”. E em 2017 “Trabalho Infantil, o que sabemos e pensamos sobre isso”.

ETAPAS E CARGA HORÁRIA

Seleção de material

Utilização de tempo de planejamento

Leituras e debates

4 aulas

Construção de textos e cartazes

3 aulas

Pesquisa biográfica

Realizada como tarefa de casa para os alunos

Construção de autobiografias

4 aulas

Produção de fotografias

Realizada como tarefa de casa para os alunos

Montagem da exposição

Uma manhã ou tarde de trabalho

Culminância / exposição

Uma manhã e uma tarde


Colégio Estadual Guadalajara
Rua Aristides Caire, s/nº – Jardim Olavo Bilac – Duque de Caxias/RJ
CEP: 25035-170
Tel.: (21) 3651-5034
E-mail: ioner@prof.educacao.rj.gov.br
Fotos cedidas pela escola

Here at CertificaitonKits, we have on-staff seasoned CCNA, CCNP, and CCIE instructors. These instructors have helped develop Cisco training curriculum, delivered boot camps and have authored various books you will find in Barnes & Nobel or Borders.
200-125
In preparation of our CCNA exam, we want to make sure we cover the various concepts that we could see on our Cisco CCNA exam. So to assist you, below we will discuss preparing for the CCNA exam.
210-260 vce
It is written in layman’s terms for very green students and it the cheapest solution. However I have found that it does not go as in-depth to some topics as I might like.
300-115
But it is a solid solution. The next suggestion is the Cisco Press CCNA study guide. This is a more expensive solution and is written in technical terms and probably does not explain some of the concepts as clearly as the Sybex Guide.
210-260 pdf
We are providing the helping material in two ways which are • PDF • Practice Test Software PDF Exam – the first technique expected of applicants to prepare for CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate, are hand notes that consist of full, comprehensive information about every CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate area.
210-260 iins
So if you are already familiar with Cisco routers and TCP/IP, this may be a better solution for you. Finally, we recommend the Bryant Advantage Ultimate CCNA Study Package.
200-125 exam
We want to be very clear, just having routers, switches and a lab workbook is not enough to pass your Cisco exam.
300-115 dumps
If you want to pass your ICND1, ICND2 or CCNA exam on the first try, it is essential you have a sound, effective study plan that is proven and other Cisco CCNA students have followed to successfully pass their 200-120, 101-101, or 200-101 tests.
210-260
The preparation of 200-125 CCNA Routing and Switching exam, you can do with our preparation material. 
200-125 dumps
Just focus on over study material for the preparation of CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate.
200-125 vce
Most CCNA study guides are about 800 pages so there are lots of concepts and nuisances that are covered and we highly recommend you purchase a CCNA study guide to assist you in your self study efforts.
300-115 switch
For example, the pdf questions, debate each topic at a distance, the applicants study them dull and annoying. Similarly, the applicants provide favorite to exercise test. A practice test is communicating and stimulating as associated to pdf material.
http://www.passexamway.com/
Bryant Advantage. The Bryant Advantage probably has the most comprehensive study package that is well written using lots of analogies so it can be understood easily by new CCNA students as well as seasoned Cisco professionals. It is on par with the Cisco Press as far as price and another nice benefit is he also has a lab workbook too. We also sell the Bryant Advantage CCNA Lab Hardware Topology to compliment his lab workbook so you can follow through all the labs step by step.
300-115 pdf
Many people ask us what study guide we recommend. I will give you a few suggestions. For a low cost solution, you can go with the basic Sybex CCNA study guide.
cisco
In its place of obligating the error of evading the repetition exams, the applicants must practice carefully via practice tests. For example, statistics display; several a scholar who fails the CCNA Routing and Switching 200-125 Cisco Certified Network Associate, they have no need to fail in the exam after getting prepared with the annoying approaches.


Deixar comentário

Seu email não será publicado