Quem conta um conto… aumenta conhecimento


Projeto interdisciplinar reúne dança, teatro, poesia, contação de histórias e garante um espetáculo de aprendizagem

Com o objetivo de proporcionar aos alunos vivências ricas em seus aprendizados, a Escola Municipal Pestalozzi, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro, desenvolveu o II Ateliê do Artista: sarau flores de paz. A iniciativa foi elaborada através da parceria com a coordenação pedagógica, a sala de leitura e o corpo docente, tendo como tema norteador a frase “Aqui é lugar de paz”, da Secretaria Municipal de Educação (SME).

Tudo começou em 2015 e, devido ao grande sucesso, resolveram executar o projeto novamente. De acordo com a coordenadora pedagógica Márcia Cristina da Fonseca Cavalcante, o projeto contou com a visita de duas parceiras, as escolas municipais Gandhi e Professora Eulalia Rodrigues de Oliveira Vieira, que também apresentaram diversos trabalhos. Cada ano de escolaridade ficou com um tema diferente inerente à época e desenvolveu esta temática nas atividades artísticas. O evento reuniu dança, trabalhos manuais, recitação de poesias, teatro, contação de histórias, cirandas e um concurso de poesias feitas pelos alunos do 3º ao 6º ano.

A diretora, Viviane Lazarini Guimarães, conta que essas estratégias foram fundamentais para o desenvolvimento do trabalho, motivando os alunos e os professores. “Tudo surgiu a partir da ideia de tornar o Projeto Político-Pedagógico (PPP) mais dinâmico e envolvente para os discentes, onde eles pudessem perceber suas criações. Foram mobilizadas todas as turmas e os educadores, além das oficinas do Programa Novo Mais Educação, incluindo as classes especiais e salas de recurso. Todas as disciplinas foram abordadas”, afirma.

As etapas do projeto incluíram planejamento e execução com docentes e discentes, com cada tema ficando a critério dos professores para escolher como apresentariam. O 1º ano, por exemplo, ficou com o Dia da Árvore. Já o 2º ano com a primavera, o 3º com o folclore, o 4º com trânsito, o 5º com o Dia do Soldado e o 6º ano com a Independência do Brasil. “Como resultado deste trabalho, encadernaremos as poesias inéditas e vamos brindar os alunos com um dia de autógrafo para as famílias”, relata a diretora adjunta Nice Simeão.

A regente da sala de leitura, Sônia Máximo, ressalta que o 2º semestre é um período muito rico pedagogicamente, com diversos assuntos e temas para trabalhar com os alunos. “Então, nós os organizamos para que a atividade ficasse leve e diversificada, sendo prazerosa para todos. E o resultado foi este espetáculo de aprendizagem que presenciamos”, garante.

Andreza Rosa, mediadora do Programa Novo Mais Educação, faz coro com a educadora e reconhece que o projeto foi maravilhoso! “Os estudantes deram as ideias e participaram espontaneamente na confecção dos materiais. Sem contar que a presença das famílias foi muito importante, valorizando os trabalhos dos discentes”, elogia. A regente do 5º ano, Harumi Matida Ouverney, completa afirmando que projetos como esse são uma excelente oportunidade para os alunos demonstrarem suas criações em forma de poesia. “Foi lindo e emocionante para todos os envolvidos!”, finaliza.


Escola Municipal Pestalozzi

Rua Severiano das Chagas, s/nº – Santa Cruz – Rio de Janeiro/RJ

CEP: 23510-045

Tels.: (21) 3395-0936 / 3395-1115

E-mail: empestalozzi@rioeduca.net

Fotos: Marcelo Ávila


Deixar comentário

Seu email não será publicado