Qual a sua mensagem para o futuro?


Cápsula do tempo guardará a sua mensagem e será aberta daqui a 30 anos

 

Imagina escrever uma carta, hoje, relatando como é e o que você deseja para o futuro da educação! E depois de mais de 10 mil dias, isto é, 3 décadas, abri-la e se deparar com suas respostas? Isso já é possível! Milhares de docentes já refletiram e colocaram no papel desejos para o futuro e o que esperam encontrar em 2050. Todos os destinatários vão receber as mensagens em 25 de janeiro deste ano, quando será realizada a “Exposição 32 anos Depois”, com cartas públicas de docentes e personalidades.

Tudo isso será possível através da ação social “Encontro com 2050 – Cápsula do Tempo”, que já reúne mais de 30 mil cartas que serão armazenadas em um baú que será concretado nas fundações do Prédio B32, na Avenida Faria Lima, capital paulista.

Nós da redação da Revista Appai Educar já escrevemos nossa cartinha e convidamos você, professor, seus alunos e toda a sua comunidade escolar para se juntar a nós nessa campanha social. Esta é uma chance incrível de trabalhar com uma atividade socioemocional em sala de aula, uma das competências que serão implantadas no ensino de escolas públicas e privadas a partir de 2019, com a nova Base Nacional Comum Curricular, além de ser uma forma de historiar o professorado contemporâneo.

Para participar da campanha social, como diversos professores estão fazendo, é muito simples. Basta enviar quantos recados quiser por meio do site www.encontrocom2050.com.br ou enviar textos escritos à mão para o CEP promocional 05978-960, São Paulo, SP, até julho deste ano. Dessa forma você será surpreendido ao receber mensagens que enviou décadas atrás, a partir de janeiro de 2050, quando a Cápsula do Tempo for aberta.

Assim que você escrever a sua cartinha, tire uma foto do envelope e envie para o e-mail redacao@www.appai.org.br, para que possamos reuni-las em uma matéria com todos os participantes.

 


Por Richard Günter

Fonte: Tree Comunicação


Deixar comentário

Seu email não será publicado