Appai qualifica jovens aprendizes para o mercado de trabalho

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O consolidado projeto que qualifica jovens e adolescentes no mundo do trabalho tem sido um sucesso no Programa de Projetos e Ações Sociais (PPAS). Em parceria com a Fundação São Martinho, a Appai tem colocado em prática o Programa Jovem Aprendiz que se sustenta na Lei da Aprendizagem (10.097/2000), realizando investimento social diretamente com o curso de formação básica, que é dividido em duas partes (curso de capacitação básica e inserção no mundo do trabalho), tendo por finalidade viabilizar o ingresso de jovens no mercado formal de trabalho, oferecendo aos participantes a oportunidade de entrar no primeiro emprego, contribuindo em sua formação técnico-profissional-metódica.

Realizado nas dependências da São Martinho, o curso tem como objetivo fortalecer as habilidades, competências e potencialidades dos jovens. Durante todo o curso, a equipe técnica acompanha e os orienta nos aspectos afetivo, social e cognitivo, visando o desenvolvimento pessoal e profissional. São realizadas oficinas e ciclo de palestras e atividades culturais, num período de três meses, de segunda a sexta-feira, com duração diária de 3 horas. A cada semestre são formadas 4 turmas, manhã e tarde, com aproximadamente 25 alunos cada. Todos os professores possuem formação superior.

A grade de ensino é composta por quase 220 horas com atividades de ação educativa, que são:

Relações Humanas

19h30m

Noções de Administração

19h30m

Oficina de Textos

19h30m

Comunicação Oral e Escrita

19h30m

Inclusão Digital

39h

Vivências no Ambiente Organizacional

19h30m

Educação e Cidadania

19h30m

Musicalidade (canto, percussão, violão e violino)

19h30m

Jogos Esportivos ou Judô

19h30m

Ciclo de Palestras (Educação Sexual; Legislação Trabalhista; Educação Financeira; Lei da Aprendizagem)

12h

Atividades Culturais (visitas a museus, CCBB, Biblioteca Parque Estadual etc.)

12h

 

Após a finalização do curso, os jovens também estão aptos a participar dos processos seletivos da Appai, junto com outros integrantes que vêm de outras organizações cadastradas no PPAS, para assim oportunizar aos que vêm de comunidades.

Compartilhe:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixar comentário

Seu email não será publicado

oito + 5 =